Remédio testado no hospital de clínicas para Covid

Remédio testado no hospital de clínicas para Covid

Em meio a uma forte crise sanitária, uma boa notícia que se avizinha é um novo remédio testado no hospital de clínicas para Covid.

A notícia traz um pouco de esperança em momentos sóbrios e pode ajudar a tornar tudo mais fácil. Principalmente porque a doença tem se mostrado mais forte e persistente do que o imaginado.

Assim, novas drogas podem surgir para o tratamento adequado a qualquer momento. Assim, a continuidade da pesquisa e da valorização da ciência precisa estar sempre em primeiro lugar.

Qual é o remédio testado no hospital de clínicas para Covid?

O Hospital das Clínicas de Porto Alegre, no Rio grande do Sul, procura voluntários para testar um novo medicamento. O remédio de origem francesa recebeu o nome de ABX464.

O remédio já recebeu autorização de órgãos sanitários da Alemanha, Itália, Reino Unido e França. Nesses países, o medicamento já entrou na terceira fase de testes, a ultima antes da aprovação.

No Brasil, a Agencia Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, concedeu a mesma autorização. A ideia é que o medicamento possa diminuir as chances de casos graves da Covid e internações.

Como o ABX464 funciona?

O remédio que está sendo testado no HC tem como função combater os sintomas mais graves. Ou seja, a ideia é que ele contribua para desafogar o estressado sistema de saúde.

A substância, inicialmente, era estudada para o tratamento de doenças inflamatórias crônicas. Inclusive, o medicamento chegou a ser testado como tratamento para HIV.

Um dos pontos mais interessantes é que o fármaco demonstrou três resultados muito interessantes e que podem ser utilizados no tratamento da Covid:

  • Efeito antiviral;
  • Anti-inflamatório;
  • Reparador de tecidos.

Os testes da fase 3 serão úteis para definir se o que está sendo testado no HC contra covid pode ter os mesmos resultados em seres humanos.

Remédio é promissor, mas vacina é o ideal

Ainda que o ABX464 seja um medicamento promissor, a vacina ainda é a melhor solução. Isso porque o remédio visa impedir a ocorrência de casos graves e a vacina pode proteger contra tudo.

Assim, os especialistas em saúde orientam que o ideal é que aqueles que podem se vacinar, continuem o fazendo. Somente assim será possível retornar, aos poucos, ao mundo como era antes.

Conclusão

Em meio à tantas notícias ruins, o remédio testado no hospital de clínicas para Covid surge como um sopro de ar fresco. Muitas pessoas já se voluntariaram e, em breve, teremos novidades.

Autor: Agência Kalima

Agência de Produção de Conteúdo Web